preloder

RESPONSÁVEL TÉCNICO: Dr. Ivan Doche Barreiros

Paciente do sexo masculino procurou a clinica da FOUFMG para tratamento.
Após exame radiográfico, (Figura 1 e 2 ) foi constatado a fratura do elemento dental 22, e com pequenas fístulas. Foi feito o planejamento para a exodontia ( Figura 3)e imediatamente foi instatalada uma prótese provisória removível, para manutenção do espaço e estética( Figura 4). Sessenta dias depois, após novo exame radiográfico ( Figura 5), foi feita uma anestésia infiltrativa na região
a ser operada, foram feitas incisões com o deslocamento do periósteo expondo completamente o tecido ósseo (Figura 6) a vista
vestibular da área receptora mostra o defeito causado pela lesão(Figura 5 e 7). Para a reconstituição da fossa formada na área
pelo processo inflamatório foi feito o preenchimento com a Hidroxiapatita HAP-91 protegida com a membrana COL.HAP-91 (Figura 8) e a região suturada ( Figura 9), a (figura 10) mostra o aspecto da região após duas semanas. No setimo mes de operado  estudo radiográfico (Figura 11) mostra o aumento da densidade óssea no local, a figura 12 mostra o aspecto clínico. No nono mês foi efetuada a abertura do campo onde se vê o defeito ósseo preenchido (Figura13) e instalado um implante ( Figura 14) de plataforma 3.3 mm e hexágono externo. Após mais sete meses ( Figuras 15, 16 e 17) mostram vista palatina da provisória de acrílico sobre UCLA metálico, cicatrização do tecido mole e a formação de papila após cicatrização e com a provisória fixada.

Galeria de Fotos